Você já ouviu falar de uma possível “morte da Amazônia”? Pois é! Este perigo existe, deixando todos nós responsáveis pelo seu desenvolvimento.

Dentro da nossa querida Amazônia, acredito que não existe nenhum tipo de surpresa ou novidade quando passo a falar de todos os problemas encontrados hoje em dia, não é mesmo?

Estou falando justamente dos frequentes desmatamentos e mudanças climáticas que, ao se unirem, podem realmente acabar com uma das florestas tropicais mais ricas de todo o mundo.

Segundo alguns pesquisadores que focaram seus ultimos anos de estudos no levantamento de problemas na região amazônica, existem dois caminhos que infelizmente não podem ser bloqueados ou evitados, sendo o aumento drástico de clima ou o avanço do desmatamento junto ao processo de savanização. Este último, ao trocar a floresta por uma verdadeira savana, não será interessante para nenhum de nós. Afinal, iríamos perder o controle que a floresta possui referente ao controle de climático, contribuindo as chuvas por todo o nosso país.

Caso a situação de cima realmente aconteça, grande parte do país vai ficar ainda mais quentes, enfrentando frequentes crises de água e contribuindo para a morte de espécies raras em extinção.

Nós Arena da Amazônia pesquisou mais afundo referente os estudos apontados acima e concluímos que existem duas ideias conflitantes referente a conservação da região. A primeira ideia fica em torno do isolamento de algumas áreas de florestas com áreas mais protegidas, não sendo permitido nenhum tipo de atividade comercial. Jà o segundo modelo possui o desenvolvimento de agricultura nas áreas que já tenham sido desmatadas, impedindo que as atividades econômicas consigam avançar na floresta.

Qual das duas estratégias você prefere? Precisamos entrar na arena para impedir com que a Amazônia seja destruída por completo.